Os jogos de tabuleiros mais adorados pelas crianças

Chegou a hora da brincadeira? Então aposte nos jogos de tabuleiro para crianças! Eles são uma ótima pedida, porque divertem a garotada e os adultos também e, assim, toda a família pode brincar junto.

Além disso, trazem a vantagem da versatilidade. Esses passatempos têm vários formatos, são para diferentes faixas etárias e apresentam diversos níveis de jogabilidade, que é a qualidade que um jogo tem de ser fácil e intuitivo de ser jogado.

Quer mais um motivo para escolher os jogos de tabuleiro para as crianças? 

Eles são muito mais do que diversão, porque podem ajudar no desenvolvimento infantil.

Sabendo disso tudo, preparamos uma lista com jogos para a criançada se distrair e aprender brincando. 

Porém, antes de conferir essas recomendações, vamos saber um pouco mais sobre como esse passatempo pode contribuir para a educação!

Jogos de tabuleiro no desenvolvimento infantil

Eles foram criados há milênios e até hoje entretêm os pequenos (e os não tão pequenos também). Afinal, são capazes de estimular a criatividade e a imaginação.

Porém, esses não são os únicos benefícios que os jogos de tabuleiro podem trazer para as crianças. Há muitos outros, como:

  • Desenvolvimento da memória;
  • Aumento da concentração;
  • Exercício do planejamento e da tomadas de decisões;
  • Estímulo da paciência;
  • Desenvolvimento do raciocínio lógico;
  • Incentivar o convívio social e o trabalho em grupo.

Contudo, essas vantagens só são assimiladas quando os jogos são devidamente escolhidos. E em meio a tantas opções no mercado, fazer isso pode ser difícil… Mas não se preocupe, pois nós vamos te ajudar.

Confira abaixo!

Jogos de tabuleiro ideais para crianças

Banco Imobiliário

  • 2 a 6 jogadores
  • Idade: a partir de 6 anos
  • Tempo médio da partida: 120 minutos
  • Preço médio: R$ 60 a R$ 200, dependendo da versão

Mundialmente conhecido e com muitas versões, o Monopoly foi criado em 1935, vendeu milhões de unidades e até hoje faz sucesso. No Brasil, é chamado de “Banco Imobiliário” e tem pelo menos cinco modelos para diferentes idades: 6, 8 e 12 anos.

Esse jogo de tabuleiro para crianças trata, é claro, do mercado imobiliário. Os jogadores compram e vendem propriedades, pagam impostos e podem até ir à falência.

Por isso, é ótimo para ensinar sobre uso do dinheiro e controle financeiro.

Mas quando as crianças forem jogar, prepare a bebida e o lanche, porque as partidas podem durar horas!

Jogo da Mesada

  • 2 a 6 jogadores
  • Idade: a partir de 6 anos
  • Tempo médio da partida: 30 minutos
  • Preço médio: R$ 50 a R$ 75

Outro jogo de tabuleiro para crianças que pode ensinar sobre controle financeiro!

Nele, a garotada precisa aprender a lidar com o dinheiro, combinando gastos e empréstimos com o recebimento da mesada. Vence quem chegar no final do mês no tabuleiro com mais dinheiro.

Jogo da Vida 

  • 2 a 6 jogadores
  • Idade: a partir de 6 anos
  • Tempo médio da partida: 90 minutos
  • Preço média: R$80 a R$110

Sucesso que marcou gerações, esse é mais um na lista de jogos para crianças de seis anos

Ele traça um paralelo com a realidade, porque, como o nome sugere, os jogadores devem “viver”. Ou seja, escolhem qual profissão seguir, se vão casar, ter filhos, comprar um carro…

Decisões e surpresas da vida esperam os jogadores, que dependem da sorte e de escolhas para acumular patrimônio e vencer. 

Há ao menos duas versões, sendo que o Jogo da Vida – Retrô é indicado para maiores de sete anos.

Detetive

  • 2 a 8 jogadores
  • Idade: a partir de 5 anos
  • Tempo médio da partida: 30 a 60 minutos
  • Preço média: R$ 60 a R$100, dependendo da versão

Com vários temas e duas versões, Jr (cinco anos) e clássica (a partir de oito anos), esse jogo de tabuleiro para crianças tem como objetivo desvendar os mistérios por trás de um crime.

A versão e o tema clássicos simulam uma cidade que tem uma mansão com vários cômodos e objetos, além de hospital, praça e outros locais. 

Assim, a finalidade é descobrir informações sobre a morte do dono da casa, Sr. Carlos Fortuna. Quem cometeu o crime? Com que arma? Em qual cômodo? Essas são algumas das questões que surgem.

Outra versão do jogo é inspirada no universo literário da saga “Harry Potter”. Nela, a criança investiga um desaparecimento na escola de Hogwarts com a ajuda de personagens como Rony Weasley, Harry Potter e Hermione Granger.

No fim, vence quem descobrir os detalhes do crime misterioso primeiro.

Se a sua criança gosta de “Harry Potter” ou histórias de detetive, ela vai adorar o jogo! Nesse caso, que tal aproveitar para incentivar a leitura infantil e dar livros para ela, hein? 

War

  • 3 a 6 jogadores
  • Idade: a partir de 10 anos
  • Tempo médio da partida: 120 minutos
  • Preço médio: R$ 100 a R$ 150, dependendo da versão

Jogo de estratégia e de guerra mundialmente famoso, War exige que jogadores usem habilidades militares para conquistar territórios, continentes e derrotar adversários.

Ele tem diversos modelos e temas, inspirados em batalhas e lugares reais e da ficção. E apesar de ser indicado para crianças maiores, sempre dá para incluir as menores, que podem, por exemplo, ficar jogando os dados. 

Além disso, War não perde nem para os videogames no quesito estratégia!

Por isso, se o pequeno é fã de jogos eletrônicos, uma forma de afastá-lo das telas e dos efeitos negativos do excesso de videogames é apresentando-o esse jogo de tabuleiro.

Xadrez

  • 2 jogadores
  • Idade: a partir de 6 anos (recomendado)
  • Tempo médio da partida: variável
  • Preço médio: a partir de R$ 20

Apesar de ser considerado um jogo sério e difícil, o xadrez é sim uma ótima opção de jogo de tabuleiro para crianças!

A prova é que muitos profissionais se apaixonaram pelo jogo ainda na infância, como o Grande Mestre brasileiro Alexandr Fier, que começou a carreira aos seis anos.

E é justamente esta a idade ideal para aprender o jogo: entre seis e sete anos.

“Nessa idade, elas estão mais abertas ao aprendizado, em fase de alfabetização, quando entram em contato com uma série de novos símbolos e linguagens”, explica o professor de xadrez José Antônio Rosa em entrevista à Crescer. 

Segundo o especialista, em três aulas a criança já é capaz de jogar o básico e, em seis meses, começa a buscar estratégias e a ter noções de tática.

Além disso, tabuleiros de xadrez são baratos, fáceis de encontrar e podem ter temas, como de super-heróis ou de desenhos animados, cativando ainda mais a garotada.

Então você está esperando o quê?

Aposte nos jogos de tabuleiro para as crianças!

Deixe um comentário