Categorias
Leitura Presentes

Melhores presentes para crianças de 2 anos

7 dicas de como presentear uma criança de 2 anos

Essa história é bem comum: teu filho, sobrinho ou afilhado de 2 anos quer muito de presente aquele brinquedo que viu na televisão. Sabe aquele que é caríssimo e que em poucos dias provavelmente estará jogado em um canto do quarto ou ocupando espaço no armário? Por outro lado, você ama essa criança e quer, dentro do possível, dar tudo o que ela quer, certo? Todos nós queremos que as crianças fiquem felizes e muitas vezes acabamos cedendo aos desejos dos pequenos.

Mas será que não é possível encontrar presentes para crianças que as deixem felizes e – ao mesmo tempo – sejam educativos e contribuam para a sua educação?

Se você está procurando ideias originais de presentes infantis para crianças de dois anos, continue lendo. Esse post foi feito para você.

Presente para crianças de 2 anos: Livros

Livros infantis são excelentes opções para presentes infantis. O hábito da leitura deve ser incentivado desde cedo. Aos poucos, o prazer ao ler vai aumentando e a própria criança passa a querer ler cada vez mais. As opções de literatura infantil são praticamente infinitas. Vá com seu filho a uma grande livraria, dessas que possuem um espaço dedicado ao público infantil. Você pode se surpreender ao descobrir que tem um ávido leitor na sua casa! Se a criança ainda não tem uma leitura fluente, procure os títulos mais curtos e leia com ela, para que a leitura não se torne cansativa.

Você pode ver aqui os livros mais vendidos, separados por faixa etária.

Dica número 1
Livros personalizados

Ainda não tão conhecidos do público brasileiro, os livros personalizados são um presente perfeito para a criança de 2 anos. Nesses livros, o nome da criança aparece na capa e na história e as ilustrações podem ser escolhidas para se parecerem com ela. Uma criança de 2 anos fica maravilhada e vê o livro como algo mágico. Algumas editoras, como o EUnoLIVRO, personalizam ainda mais, incluindo pais, amigos, animais de estimação, comidas e brincadeiras preferidas e várias outras informações do universo da criança na história.

Os livros personalizados aumentam o interesse pela leitura, reduzindo a distância entre ficção e realidade. A criança assimila mais facilmente o conteúdo, por identificar elementos da vida dela na história. Normalmente elas se surpreendem e até se emocionam ao receber um livro feito especialmente para ela.

Presente para crianças de 2 anos: Brinquedos e jogos tradicionais

Talvez não haja como escapar de um dos brinquedos ou jogos que são vendidos nas grandes lojas de brinquedos. Mas mesmo assim, é possível escapar das maiores arapucas e encontrar opções interessantes.

Dica número 2 
Nunca compre aquele brinquedo que a criança acabou de ver na televisão.

Você sabe que não deve ir para o supermercado com fome, não é mesmo? Na hora de comprar um presente infantil, vale a mesma regra: não leve tão a sério aquele desejo aparentemente incontrolável que seu filho demonstra por um brinquedo. As fábricas de brinquedos contratam agências de publicidade que são mestres em transformar – ao menos na propaganda – o brinquedo mais sem graça em uma necessidade irresistível. Deixe o tempo passar e verifique se o desejo permanece. Há uma chance muito grande de que a criança nem se lembre mais do brinquedo pouco tempo depois.

Dica número 3
Aprenda a identificar as principais armadilhas

Brinquedos que envolvem água, jogos que exigem 3 ou mais pessoas, bonecos que falam ou se transformam, brinquedos que mudam de cor normalmente são presentes que têm grande chance de, em pouco tempo, serem esquecidos. As propagandas desse tipo de brinquedo tentam criar valor em cima de características que chamam a atenção, mas que mantêm interesse por pouco tempo.

Se a criança mostrar interesse por esse tipo de presente, preste atenção aos seguintes pontos:

  • O brinquedo faz parte de um universo que a criança realmente gosta? Talvez ela realmente adore certo personagem, ou a dinâmica envolvida no jogo seja de interesse dela.
  • Tente explicar para a criança que não será possível brincar com o brinquedo que espirra água dentro de casa, que o jogo só poderá ser jogado quando houver mais pessoas em casa, etc. Provavelmente ela mesmo perceberá que o interesse pelo brinquedo não é tão real assim.

Dica número 4
Nem todos os brinquedos comerciais são ruins

Invista algum tempo para entender o valor dos brinquedos que a criança pede. Blocos de montar contribuem para desenvolver noção espacial, controle motor e raciocínio lógico. Muitos jogos contribuem para a alfabetização, raciocínio lógico, relacionamento interpessoal e outras habilidades. Avalie as habilidades que a criança tem, seus interesses e decida se o brinquedo contribui para essa fase da vida dela.

Presente para crianças: Brinquedos Educativos

Hoje existe uma infinidade de lojas de brinquedos educativos. Normalmente, são feitos de madeira ou tecido e trazem uma inocência que tende a comover os pais. Procure no google a loja mais próxima e vá visitá-la (há também opções de brinquedos educativos online), mas fique atento a alguns detalhes importantes.

Dica número 5
Verifique se o brinquedo é adequado à faixa etária da criança

Previna-se do constrangimento de ver a criança agradecer o presente com um sorriso amarelo. Certifique-se o brinquedo é adequado à idade da criança. Mesmo brinquedos artesanais podem ser complexos demais para uma criança de 2 anos. Por outro lado, carrinhos, dedoches, e muitos jogos podem ser uma escolha certeira!

Dica número 6
Brinque com  criança

Há uma chance grande de a criança nunca ter visto aquele brinquedo educativo que você adorou. Para evitar frustrações, assim que entregar o presente, sente-se com a criança e comece a brincar com ela, para que ela entenda “como o brinquedo funciona”. Muitos presentes infantis incríveis acabam no fundo de baú porque nunca ninguém ensinou a criança a como brincar com ele.

Presente para crianças de 2 anos: Videogames, tablets e afins

A hora de comprar um videogame para a criança (ou deixá-la jogar com o dos pais) é uma decisão da família. Dentro do possível, é uma decisão que deve ser adiada o tanto quanto for possível, embora, nos dias de hoje, essa não seja uma tarefa fácil. Caso a hora tenha chegado, sem problemas! Algumas crianças com 2 anos já têm acesso a tablets e videogames. É só ficar atento a alguns detalhes.

Dica número 7
Fique atento aos jogos eletrônicos

  • Entre as diversas opções de plataformas, há as mais indicadas para crianças de 2 anos. Pesquise a que possui mais jogos infantis, a que é mais simples de usar, etc.
  • Cuidado com os jogos. Assim como para os filmes, há classificação indicativa de idade para eles. Cuidado com jogos inadequados.
  • Saiba com quem a criança está jogando. Atualmente, grande parte dos jogos, mesmo os mais inocentes, permitem interações com outras pessoas. É muito fácil para alguém mal intencionado iniciar uma conversa com o seu filho. Bloqueie a possibilidade de jogo com desconhecido (se o jogo permitir), evite jogos desse tipo (se possível) e mantenha supervisão o tempo todo (não deixe a criança jogando sozinha sem que você possa vê-la). Ah, e claro, explique para a criança os riscos envolvidos e como se comportar ao ser abordada por outra pessoa.
  • Controle os horários. É tentador ver a criança entretida por horas, mas outras atividades são essenciais para o crescimento dela.

Perguntas frequentes

Conclusão

Como se pôde perceber, não há certo ou errado na hora de comprar um presente para uma criança de 2 anos. O importante é conhecer a criança e dialogar com ela para entender qual a opção que faz mais sentido nesse momento. Desde os brinquedos de personagens da TV aos livros personalizados, é possível escolher um presente acessível que agrade, eduque e entretenha aquela que é a pessoa mais importante nas nossas vidas.

Gostou? Você pensou em algum outro presente interessante? Deixe seu comentário abaixo! 

Curta e compartilhe!

Categorias
Leitura

Melhores livros infantis para escolas em 2021

Escolas públicas e particulares estão sempre atualizando seu acervo de livros infantis. Com milhares de novos títulos todos os anos, fica difícil manter-se atualizado. Se você está em busca de livros infantis para escolas, chegou ao lugar certo!

Como escolher um livro infantil para escolas

Ao comprar livros infantis para escolas, um critério que vem sempre à tona é o preço. Afinal, ao comprar uma quantidade grande espera-se uma queda no preço.

Mas o preço não deve ser o único critério (e nem mesmo o primeiro) de escolha. A qualidade do material tem que ser avaliada com carinho. É muito importante que a forma como o livro é escrito, a temática, os valores transmitidos e tantos outros fatores sejam analisados com atenção. Leia nesse artigo como escolher bem um livro infantil.

Tendências do mercado

Uma tendência atual para compra de livros para grupos de crianças são os livros personalizados. Diferentemente de um livro comum, o livro personalizado proporciona uma experiência de leitura diferente para cada leitor, mantendo uma linha didática única. Os valores tratados e a qualidade literária são a mesma, mas cada criança absorve o conteúdo de uma forma única e profunda.

Ainda não tão conhecidos do público brasileiro, os livros personalizados fazem muito sucesso com as crianças. Nesses livros, o nome da criança aparece na capa e na história e as ilustrações podem ser escolhidas para se parecerem com ela. Algumas editoras, como o EUnoLIVRO, personalizam ainda mais, incluindo pais, amigos, animais de estimação, comidas e brincadeiras preferidas e várias outras informações do universo da criança na história.

Os livros personalizados aumentam o interesse pela leitura, reduzindo a distância entre ficção e realidade. A criança assimila mais facilmente o conteúdo, por identificar elementos da vida dela na história. Normalmente elas se surpreendem e até se emocionam ao receber um livro feito especialmente para ela.

EUnoLIVRO para escolas

O EUnoLIVRO existe há 4 anos e, durante esse período, fizemos vários projetos com escolas de todo o Brasil. Levamos muito a sério cada pedido, sempre entregando no prazo e com acompanhamento diário do andamento do projeto. Seja para tratar algum tema dentro do conteúdo curricular ou seja como uma lembrança de formatura da turma, os livros do EUnoLIVRO sempre são um sucesso!

Veja algumas escolas parceiras do EUnoLIVRO:

Como solicitar um orçamento

Quer saber mais sobre livros personalizados para sua escola? Escreva para nós, sem compromisso. Será um prazer te ajudar! Se preferir, você também pode falar conosco pelo Whatsapp!

Categorias
Leitura

Melhores livros infantis por atacado

Escolas, prefeituras e bibliotecas estão sempre atualizando seu acervo de livros infantis. Com milhares de novos títulos todos os anos, fica difícil manter-se atualizado. Se você está em busca de livros infantis por atacado, chegou ao lugar certo!

Como escolher um livro infantil por atacado

Ao comprar livros infantis por atacado, um critério que vem sempre à tona é o preço. Afinal, ao comprar uma quantidade grande espera-se uma queda no preço.

Mas o preço não deve ser o único critério (e nem mesmo o primeiro) de escolha. A qualidade do material tem que ser avaliada com carinho. É muito importante que a forma como o livro é escrito, a temática, os valores transmitidos e tantos outros fatores sejam analisados com atenção. Leia nesse artigo como escolher bem um livro infantil.

Tendências do mercado

Uma tendência atual para compra de livros para grupos de crianças são os livros personalizados. Diferentemente de um livro comum, o livro personalizado proporciona uma experiência de leitura diferente para cada leitor, mantendo uma linha didática única. Os valores tratados e a qualidade literária são a mesma, mas cada criança absorve o conteúdo de uma forma única e profunda.

Ainda não tão conhecidos do público brasileiro, os livros personalizados fazem muito sucesso com as crianças. Nesses livros, o nome da criança aparece na capa e na história e as ilustrações podem ser escolhidas para se parecerem com ela. Algumas editoras, como o EUnoLIVRO, personalizam ainda mais, incluindo pais, amigos, animais de estimação, comidas e brincadeiras preferidas e várias outras informações do universo da criança na história.

Os livros personalizados aumentam o interesse pela leitura, reduzindo a distância entre ficção e realidade. A criança assimila mais facilmente o conteúdo, por identificar elementos da vida dela na história. Normalmente elas se surpreendem e até se emocionam ao receber um livro feito especialmente para ela.

EUnoLIVRO para escolas

O EUnoLIVRO existe há 4 anos e, durante esse período, fizemos vários projetos com escolas de todo o Brasil. Levamos muito a sério cada pedido, sempre entregando no prazo e com acompanhamento diário do andamento do projeto. Seja para tratar algum tema dentro do conteúdo curricular ou seja como uma lembrança de formatura da turma, os livros do EUnoLIVRO sempre são um sucesso!

Veja algumas escolas parceiras do EUnoLIVRO:

Como solicitar um orçamento

Quer saber mais sobre livros personalizados para sua escola ou biblioteca? Escreva para nós, sem compromisso. Será um prazer te ajudar! Se preferir, você também pode falar conosco pelo Whatsapp!

Categorias
Diversidade Leitura

5 melhores livros infantis sobre diversidade familiar

Não há dúvidas de que a sociedade brasileira evoluiu muito nas últimas décadas. O padrão de família pai-mãe-filhos, eternizado pelos comerciais de margarina, hoje já não é o único modelo que existe. Crianças que vivem em famílias “diferentes” podem sofrer com comentários maldosos de outras crianças e, até mesmo, adultos. Garantir que nossas crianças aprendam a respeitar e serem respeitadas em questões de diversidade da família é uma obrigação de todos os pais. A boa notícia é que existem excelentes livros infantis para nos ajudar nessa tarefa!

Se você está procurando bons livros para ensinar as crianças a lidarem com a diversidade na família, continue com a gente!

O que é família?

Intuitivamente, todo mundo sabe o que é uma família. Ou pelo menos sabe identificar quem é a “sua” família. Mas tentar definir a palavra família pode não ser tão simples.

Segundo o dicionário Michaellis, família é:

  1. Conjunto de pessoas, em geral ligadas por laços de parentesco, que vivem sob o mesmo teto.
  2. Conjunto de ascendentes, descendentes, colaterais e afins de uma linhagem ou provenientes de um mesmo tronco; estirpe.
  3. Pessoas do mesmo sangue ou não, ligadas entre si por casamento, filiação, ou mesmo adoção; parentes, parentela.

Repare que a primeira definição inclui a expressão “em geral“. A segunda, inclui a palavra “afins” e a terceira faz uso da ressalva “ou não” ao se referir a consanguinidade.

Ou seja, família é um conceito muito mais amplo do que muita gente imagina. Hoje, entende-se por família um grupo de pessoas que se entende como tal, independente de quantidade, gênero e origens.

O artigo 226 Constituição Federal de 1988 também reconhece diferentes modelos familiares como válidos e o Supremo Tribunal Federal reconheceu que uniões homoafetivas como equivalentes a uniões estáveis. Assim, até mesmo legalmente, diferentes tipos de família são aceitos no Brasil.

Quais os tipos de família que existem?

Vamos ver os arranjos mais comuns de família:

  • Família matrimonial: é o tipo de família reconhecida pelo casamento civil, composta por um casal heterossexual ou homoafetivo e seus filhos.
  • Família informal: parecida com a anterior, a família informal tem um casal formado por uma união estável e seus descendentes. Aqui, o que legitima a família são os laços de convivência e não um “casamento”. Novamente, o casal pode ser heterossexual ou homoafetivo.
  • Família monoparental: é a família formada por qualquer um dos pais e seus descendentes. Um caso muito comum é a mãe solteira e seu(s) filho(s).
  • Família anaparental: é a família sem a presença dos pais, composta apenas por irmãos.
  • Família unipessoal: família composta por uma única pessoa. É o caso de pessoas solteiras ou viúvas que vivem sozinhas.
  • Família reconstituída: um tipo de família cada vez mais comum é a formada por casais que já foram casados anteriormente e possuem filhos desses relacionamentos anteriores.
  • Família eudemonista: família formada exclusivamente por laços afetivos. São pessoas que vivem juntas em busca de felicidade, incluindo, por exemplo, os relacionamentos poliamorosos.

Mas será que esses são os únicos modelos de família que existem? E os irmãos que vivem com uma tia ou avó? Ou pessoas que vivem juntos como irmãos, mas sem pais comuns?

O que temos que ensinar às crianças é que todo tipo de família deve ser respeitado porque é a forma como aquelas pessoas se organizaram para serem felizes. A diversidade familiar deve ser vista como riqueza e não como uma aberração.

Livros que tratam muito bem o tema da diversidade familiar

Eu e o Dragão

O EUnoLIVRO é uma editora de livros infantis personalizados. Ou seja, ao comprar um livro, as ilustrações e informações são personalizadas para refletir a vida da criança. O nome da criança aparece na capa e personagens e gostos da criança surgem no decorrer da história. Eu e o Dragão parece ser uma história comum de príncipes e princesas, mas, no fundo, trata de tolerância, amizade e diversidade. Os pais da criança aparecem na história, mas podem ser dois pais, duas mães ou só um deles. O dragão da história é um ser que é desprezado por todos, por ser diferente. Após a leitura vale um bate-papo entre pais e filhos para discutir a história!

Tudo bem ser diferente

Todd Parr é uma referência em relação a livros infantis e o tema da diversidade é recorrente em sua obra. Tudo bem ser diferente lida com extrema naturalidade com temas como adoção, separação de pais, deficiência física e preconceito racial. Você pode comprar o livro na Amazon.

Olívia tem dois papais

Marcia Leite e Taline Schubach escreveram esse belo livro sobre Olívia, uma menina que é muito feliz com sua família. O fato de ter dois papais, Raul e Luís, é só um detalhe que Olivia tira de letra. Da Companhia das Letrinhas, pode ser comprado na Amazon.

O livro da criança

Outra obra do EUnoLIVRO, o livro da criança é uma ótima opção para crianças pequenas, que estão começando a conhecer as letras e números. O alfabeto é apresentado através dos nomes de animais, comidas e pessoas que a criança conhece. Logo nas primeiras páginas, a família da criança é apresentada e pode ser o mais diversa possível: crianças, adultos, idosos e até animais podem compor o núcleo familiar do pequeno leitor!

O livro da família

Outro clássico de Todd Parr, O livro da família mostra que amor não tem fronteiras e que família tem a ver com sentimento e não com raça, gênero e parentesco. Da Panda Books, pode ser comprado no Submarino.

A Princesa e a Costureira

Janaina Leslão criou esse livro que aborda com muita sensibilidade a temática LGBTI. Na história, uma princesa que iria se casar com um príncipe do reino vizinho se apaixona pela costureira que faria o seu vestido de casamento. O livro pode ser comprado no site da editora Metanoia. A Metanoia tem outros títulos disponíveis sobre diversidade sexual para crianças.

Como as crianças lidam com a diversidade?

Crianças não têm naturalmente preconceitos de qualquer tipo. Deficiência física, mental, homossexualismo, diversidade de raças só são tabus nas cabeças de alguns adultos. Com ainda poucos anos de vida, a criança ainda não criou uma concepção de que uma família “normal” tem um pai, uma mãe e dois filhos. E como pais responsáveis, temos a obrigação de manter a mente da criança aberta. Se você tem dificuldades para lidar com esses temas com seus filhos, escolha um dos livros que indicamos para te ajudar nessa tarefa.

Como escolher um livro infantil?

Além da temática, há outros aspectos importantes a se considerar ao escolher um livro infantil. Veja nesse artigo como não errar.

Boa leitura!

Categorias
Leitura

Quando é o dia da literatura brasileira?

O Dia da Literatura Brasileira é comemorado em 1 de maio.

Essa data foi escolhida por que foi nesse dia, em 1829, que nasceu o escritor brasileiro José de Alencar.

Além de peças para teatro e crônicas, José de Alencar é conhecido, principalmente, pelos seus romances:

  • Cinco Minutos, 1856
  • A viuvinha, 1857
  • O guarani, 1857
  • Lucíola, 1862
  • Diva, 1864
  • Iracema, 1865
  • As minas de prata – 1º vol., 1865
  • As minas de prata – 2.º vol., 1866
  • O gaúcho, 1870
  • A pata da gazela, 1870
  • O tronco do ipê, 1871
  • Guerra dos mascates – 1º vol., 1871
  • Til, 1871
  • Sonhos d’ouro, 1872
  • Alfarrábios, 1873
  • Guerra dos mascates – 2º vol., 1873
  • Ubirajara, 1874
  • O sertanejo, 1875
  • Senhora, 1875
  • Encarnação, 1893

Além do Dia da Literatura Brasileira, há também o Dia Nacional do Livro Infantil, o Dia Nacional do Livro, o Dia Internacional do Livro Infantil e o Dia Mundial do Livro.

Quer conhecer os melhores livros para crianças de todos os tempos? Veja esse artigo!

FAQ

Curta e compatilhe!

Categorias
Leitura

Quando é o dia internacional do livro?

O Dia Internacional do Livro ou Dia Mundial do Livro é comemorado em 23 de abril.

Essa data foi escolhida por representar uma triste coincidência: foi nesse dia, em 1616, que morreram os escritores Miguel de Cervantes, Inca Garcilaso de la Vega e William Shakespeare.

O Dia Internacional do Livro começou a ser celebrado em 1923 na Espanha. Inicialmente, ele era comemorado em 5 de abril, dia do nascimento de Miguel de Cervantes.

Mais tarde, em 1930, a data foi transferida para 23 de abril, data do falecimento de Cervantes.

Em 1995, a UNESCO instituiu 23 de abril como o Dia Mundial do Livro e do Direito de Autor.

Além do Dia Mundial do Livro, há também o Dia Nacional do Livro Infantil, o Dia Nacional do Livro, o Dia Internacional do Livro Infantil e o Dia da Literatura Brasileira.

Quer conhecer os melhores livros para crianças de todos os tempos? Veja esse artigo!

FAQ

Quando é o Dia Mundial do Livro?

O Dia Mundial do Livro é comemorado em 23 de abril.

Por que 23 de abril foi escolhido como o Dia Mundial do Livro?

Porque nessa data, em 1616, que faleceram os escritores Miguel de Cervantes, Inca Garcilaso de la Vega e William Shakespeare.

Quando começou a ser comemorado o Dia Mundial do Livro?

A data de 23 de abril foi instituída como o Dia Mundial do Livro em 1995, pela UNESCO.

Quais as principais datas relacionadas a livros e literatura?

Dia Nacional do Livro Infantil – 18 de abril
Dia Internacional do Livro Infantil – 2 de abril
Dia Nacional do Livro – 29 de outubro
Dia Mundial do Livro – 23 de abril
Dia da Literatura Brasileira – 1 de maio

Curta e compatilhe!

Categorias
Leitura

Quando é o dia nacional do livro?

O Dia Nacional do Livro é comemorado em 29 de outubro.

Essa data foi escolhida por ser o dia em que foi fundada a Biblioteca Nacional do Brasil, localizada no Rio de Janeiro, no ano de 1810.

Hoje, a Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro é a maior da América Latina e está entre as dez maiores do mundo.

Além do Dia Nacional do Livro, há também o Dia Nacional do Livro Infantil, o Dia Internacional do Livro Infantil, o Dia Mundial do Livro e o Dia da Literatura Brasileira.

Quer conhecer os melhores livros para crianças de todos os tempos? Veja esse artigo!

FAQ

Curta e compatilhe!

Categorias
Leitura

Quando é o dia internacional do livro infantil?

O Dia Internacional do Livro Infantil é comemorado em 2 de abril.

Essa data foi escolhida por ser a data de nascimento do escritor dinamarquês Hans Christian Andersen. Hans escreveu inúmeras peças de teatro, canções, histórias e contos, mas é conhecido, principalmente, pelos contos de fadas para crianças.

Entre suas obras mais conhecidas estão:

  • O Abeto
  • O Patinho Feio
  • A Caixinha de Surpresas
  • Os Sapatos Vermelhos
  • O Pequeno Cláudio e o Grande Cláudio
  • O Soldadinho de Chumbo
  • A Pequena Sereia
  • A Roupa Nova do Rei
  • A Princesa e a Ervilha
  • A Pequena Vendedora de Fósforos
  • A Polegarzinha
  • A Rainha da Neve
  • A Pastora e o Limpa-chaminés

Essa data foi instituída em 1967 pela International Board on Books for Young People – IBBY em 1967. Em abril, a cada ano, a IBBY realiza uma série de eventos como o Prêmio Hans Christian Andersen, considerado o Nobel da Literatura Infantil.

Além do Dia Internacional do Livro Infantil, há também o Dia Nacional do Livro Infantil, o Dia Nacional do Livro, o Dia Mundial do Livro e o Dia da Literatura Brasileira.

Quer conhecer os melhores livros para crianças de todos os tempos? Veja esse artigo!

FAQ

Curta e compatilhe!

Categorias
Leitura

Quando é o dia nacional do livro infantil?

O Dia Nacional do Livro Infantil é comemorado em 18 de abril.

Essa data foi escolhida por ser a data de nascimento de Monteiro Lobato, grande escritor brasileiro. Monteiro Lobato ficou famoso pela sua coleção O Sítio do Picapau Amarelo, um conjunto de 23 livros que se tornou uma referência para a literatura para crianças.

Essa data foi instituída em de 8 de janeiro de 2002, através da Lei no 10.402, na gestão do presidente Fernando Henrique Cardoso.

Além do Dia Nacional do Livro Infantil, há também o Dia Internacional do Livro Infantil, o Dia Nacional do Livro, o Dia Mundial do Livro e o Dia da Literatura Brasileira.

Quer conhecer os melhores livros para crianças de todos os tempos? Veja esse artigo!

FAQ

Curta e compatilhe!

Categorias
Leitura Presentes

Melhores presentes para criança de 6 anos

7 dicas de como presentear uma criança de 6 anos

Teu filho, sobrinho ou afilhado de 6 anos quer muito de presente aquele brinquedo que viu na televisão. Aquele que você sabe que é caríssimo e que em poucos dias estará jogado em um canto do quarto ou ocupando espaço no armário. Por outro lado, você ama essa criança e quer, dentro do possível, dar tudo o que ela quer, certo? Todos nós queremos que as crianças fiquem felizes e muitas vezes acabamos cedendo aos desejos dos pequenos.

Mas será que não é possível encontrar presentes para crianças que as deixem felizes e – ao mesmo tempo – sejam educativos e contribuam para a sua educação?

Se você está procurando ideias originais de presentes infantis para crianças de seis anos, continue lendo. Esse post foi feito para você.

Presente para crianças de 6 anos: Livros

Livros infantis são excelentes opções para presentes infantis. O hábito da leitura deve ser incentivado desde cedo. Aos poucos, o prazer ao ler vai aumentando e a própria criança passa a querer ler cada vez mais. As opções de literatura infantil são praticamente infinitas. Vá com seu filho a uma grande livraria, dessas que possuem um espaço dedicado ao público infantil. Você pode se surpreender ao descobrir que tem um ávido leitor na sua casa! Se a criança ainda não tem uma leitura fluente, procure os títulos mais curtos e leia com ela, para que a leitura não se torne cansativa.

Você pode ver aqui os livros mais vendidos, separados por faixa etária.

Dica número 1
Livros personalizados

Ainda não tão conhecidos do público brasileiro, os livros personalizados são um presente perfeito para a criança de 6 anos. Nesses livros, o nome da criança aparece na capa e na história e as ilustrações podem ser escolhidas para se parecerem com ela. Uma criança de 6 anos fica maravilhada e vê o livro como algo mágico. Algumas editoras, como o EUnoLIVRO, personalizam ainda mais, incluindo pais, amigos, animais de estimação, comidas e brincadeiras preferidas e várias outras informações do universo da criança na história.

Os livros personalizados aumentam o interesse pela leitura, reduzindo a distância entre ficção e realidade. A criança assimila mais facilmente o conteúdo, por identificar elementos da vida dela na história. Normalmente elas se surpreendem e até se emocionam ao receber um livro feito especialmente para ela.

Presente para crianças de 6 anos: Brinquedos e jogos tradicionais

Talvez não haja como escapar de um dos brinquedos ou jogos que são vendidos nas grandes lojas de brinquedos. Mas mesmo assim, é possível escapar das maiores arapucas e encontrar opções interessantes.

Dica número 2 
Nunca compre aquele brinquedo que a criança acabou de ver na televisão.

Você sabe que não deve ir para o supermercado com fome, não é mesmo? Na hora de comprar um presente infantil, vale a mesma regra: não leve tão a sério aquele desejo aparentemente incontrolável que seu filho demonstra por um brinquedo. As fábricas de brinquedos contratam agências de publicidade que são mestres em transformar – ao menos na propaganda – o brinquedo mais sem graça em uma necessidade irresistível. Deixe o tempo passar e verifique se o desejo permanece. Há uma chance muito grande de que a criança nem se lembre mais do brinquedo pouco tempo depois.

Dica número 3
Aprenda a identificar as principais armadilhas

Brinquedos que envolvem água, jogos que exigem 3 ou mais pessoas, bonecos que falam ou se transformam, brinquedos que mudam de cor normalmente são presentes que em pouco tempo serão esquecidos. As propagandas desse tipo de brinquedo tentam criar valor em cima de características que chamam a atenção, mas que mantêm interesse por pouco tempo.

Se a criança mostrar interesse por esse tipo de presente, preste atenção aos seguintes pontos:

  • O brinquedo faz parte de um universo que a criança realmente gosta? Talvez ela realmente adore certo personagem, ou a dinâmica envolvida no jogo seja de interesse dela.
  • Tente explicar para a criança que não será possível brincar com o brinquedo que espirra água dentro de casa, que o jogo só poderá ser jogado quando houver mais pessoas em casa, etc. Provavelmente ela mesmo perceberá que o interesse pelo brinquedo não é tão real assim.

Dica número 4
Nem todos os brinquedos comerciais são ruins

Invista algum tempo para entender o valor dos brinquedos que a criança pede. Blocos de montar contribuem para desenvolver noção espacial, controle motor e raciocínio lógico. Muitos jogos contribuem para a alfabetização, raciocínio lógico, relacionamento interpessoal e outras habilidades. Avalie as habilidades que a criança tem, seus interesses e decida se o brinquedo contribui para essa fase da vida dela.

Presente para crianças: Brinquedos Educativos

Hoje existe uma infinidade de lojas de brinquedos educativos. Normalmente, são feitos de madeira ou tecido e trazem uma inocência que tende a comover os pais. Procure no google a loja mais próxima e vá visitá-la (há também opções de brinquedos educativos online), mas fique atento a alguns detalhes importantes.

Dica número 5
Verifique se o brinquedo é adequado à faixa etária da criança

Previna-se do constrangimento de ver a criança agradecer o presente com um sorriso amarelo. Certifique-se o brinquedo é adequado à idade da criança. Isso é especialmente importante para crianças a partir de 6 anos, que podem achar carrinhos de madeira, dedoches e bonecas de pano “bobos” demais.

Dica número 6
Brinque com  criança

Há uma chance grande de a criança nunca ter visto aquele brinquedo educativo que você adorou. Para evitar frustrações, assim que entregar o presente, sente-se com a criança e comece a brincar com ela, para que ela entenda “como o brinquedo funciona”. Muitos presentes infantis incríveis acabam no fundo de baú porque nunca ninguém ensinou a criança a como brincar com ele.

Presente para crianças de 6 anos: Videogames, tablets e afins

A hora de comprar um videogame para a criança (ou deixá-la jogar com o dos pais) é uma decisão da família. Dentro do possível, é uma decisão que deve ser adiada o tanto quanto for possível, embora, nos dias de hoje, essa não seja uma tarefa fácil. Caso a hora tenha chegado, sem problemas! Muitas crianças com 6 anos têm tablets e videogames. É só ficar atento a alguns detalhes.

Dica número 7
Fique atento aos jogos eletrônicos

  • Entre as diversas opções de plataformas, há as mais indicadas para crianças de 6 anos. Pesquise a que possui mais jogos infantis, a que é mais simples de usar, etc.
  • Cuidado com os jogos. Assim como para os filmes, há classificação indicativa de idade para eles. Cuidado com jogos inadequados.
  • Saiba com quem a criança está jogando. Atualmente, grande parte dos jogos, mesmo os mais inocentes, permitem interações com outras pessoas. É muito fácil para alguém mal intencionado iniciar uma conversa com o seu filho. Bloqueie a possibilidade de jogo com desconhecido (se o jogo permitir), evite jogos desse tipo (se possível) e mantenha supervisão o tempo todo (não deixe a criança jogando sozinha sem que você possa vê-la). Ah, e claro, explique para a criança os riscos envolvidos e como se comportar ao ser abordada por outra pessoa.
  • Controle os horários. É tentador ver a criança entretida por horas, mas outras atividades são essenciais para o crescimento dela.

Perguntas frequentes

Conclusão

Como se pôde perceber, não há certo ou errado na hora de comprar um presente para uma criança de 6 anos. O importante é conhecer a criança e dialogar com ela para entender qual a opção que faz mais sentido nesse momento. Desde os brinquedos de personagens da TV aos livros personalizados, é possível escolher um presente acessível que agrade, eduque e entretenha aquela que é a pessoa mais importante nas nossas vidas.

Gostou? Você pensou em algum outro presente interessante? Deixe seu comentário abaixo! 

Curta e compartilhe!